VACHERON CONSTANTIN


25122011_120550_noticia Se você pensa que os relógios são todos  iguais, vai agora conhecer uma das maravilhas do tempo e da precisão,  desenvolvida e fabricada pela Vacheron & Constantin, a relojoaria mais antiga do planeta e esta maravilha é :  PATRIMONY TRADITIONNELLE WORD TIME, o  Relógio.                                                                                                                              A empresa foi fundada em 1755 por Jean-Marc Vacheron , um relojoeiro independente, em Genebra , Suíça .  Além de ser um jovem  empresário Vacheron também era um talentoso artezão . Em 1770, sua companhia criou a primeira complicação.  ” Em relojoária (estudo dos relógios), complicação refere-se a qualquer recurso em um relógio para além da simples exibição de horas, minutos e segundos.” O filho de Jean-Marc Vacheron, Abraham , assumiu os negócios da família em 1785. Durante este período, a empresa foi capaz de sobreviver à revolução francesa. Mais tarde, em 1810, Jaques-Barthélemy Vacheron , o neto do fundador, tornou-se o chefe da empresa. Ele foi o primeiro a iniciar as exportações da empresa para França e Itália . Mais tarde, Jaques-Barthélemy percebeu que ele não era capaz de lidar com o seu negócio sozinho. Para viajar no exterior e vender os produtos da empresa, ele precisava de um parceiro. Em 1819, François Constantin tornou-se o associado da Vacheron. A empresa continuou a sua atividade sob o nome Vacheron  Constantin. A história da marca de relógios Vacheron  Constantin remete à combinação harmoniosa entre a tradição artesanal da Suíça, berço da marca, a tecnologia, aplicada nos mecanismos que indicam os segundos, minutos e horas, e a sofisticação de matérias-primas, como metais e pedras preciosos. Há 250 anos tem sido assim. Seja com relógios de US$ 15 mil ou nos modelos top de linha que chegam a custar US$ 2 milhões. “A tecnologia e o design sofisticados fazem parte do nosso DNA. Somos a mais antiga empresa de relógios do mundo em atividade e preservar a nossa qualidade é uma das nossas missões mais importantes” afirma o espanhol Juan-Carlos Torres, CEO da Vacheron Constantin. “Nossos relógios se tornam patrimônio de família e são passados de geração em geração.” A todo momento, o executivo faz questão de frisar que o cliente típico da Vacheron Constantin é, antes de um apreciador da boa relojoaria, um colecionador. “Fizemos um relógio especialmente para o ex-presidente Juscelino Kubitschek, que usou a peça durante todo o seu mandato, de 1956 a 1961”, lembra o espanhol.  Segundo ele, muitos clientes brasileiros acabam comprando suas peças da grife no Exterior. “Queremos mudar isso”, diz. “Nossa intenção é fazer com que os brasileiros possam comprar nossos relógios aí mesmo,” no Brasil. “Cada peça é feita à mão e pode demorar de uma semana até seis meses para ficar pronta”, diz. “Não somos uma marca de prêt-à-porter.”Nosso produto é alta-costura pura.” Ao todo são  produzidos apenas 18 mil relógios a cada ano,  distribuídos em 420 pontos de vendas espalhados, por 80 países.  O relógio ( foto ) acima é o modelo Patrimony Traditionnelle World Time equipado com o novo calibre 2460WT, certificado pelo Selo de Genebra. Desenvolvido e fabricado pela Vacheron Constantin, este novo movimento mecânico automático indica 37 fusos horários do mundo, incluídos os que diferem do Tempo Universal Coordenado (UTC) em meia hora ou um quarto de hora. O mostrador está dividido em três: um de safira com um sombreado diferente para o dia e para a noite, um metalizado com um mapa baseado na “projeção de Lambert” e um círculo de horas metalizado. O calibre mecânico automático 2460WT – patenteado pela fabricante – tem reserva de energia de 40 horas; as funções incluem horas, minutos, segundos e as horas do mundo. É possível ver a hora de todas as zonas do mundo simultaneamente, bem como a indicação dia/noite pelo mapa mundial central. Todas as indicações podem ser reguladas com a coroa, facilitando o uso do relógio. O novo Patrimony Traditionnelle World Time tem caixa confeccionada em ouro rosa de 18 quilates, 42,3 mm de diâmetro, fundo de cristal de safira, resistente à água (aproximadamente em 30 metros) e pulseira em couro de crocodilo na cor castanho. A Vacheron trabalha com cinco coleções básicas: Overseas, Patrimony, Malte, Quai de L’ile e Historiques. A partir do momento em que um colecionador adquire uma peça, passa a contar com assistência total da fabricante. “Ele encontra, em nossas lojas, o mesmo sigilo e discrição dos bancos suíços”, afirma o executivo. É por isso que ele não revela, nem sob tortura, para quem foi vendido, em 1979, o relógio mais caro da história da grife, o modelo feminino Kallista com 201 diamantes, hoje avaliado em US$ 25 milhões. “Só digo que foi para um banqueiro.” Fontes: Wikipédia/www.istoedinheiro.com.br/www.blackcard.com.br/youtube.                                                              

Anúncios